Ministério Identidade

Ministério Identidade. Por que criá-lo?

Esse ministério nasceu da necessidade de acolher todos aqueles que de alguma maneira vivenciam a homossexualidade, podendo ser desde uma atração ou uma identificação (sem nunca ter experimentado envolvimento), até um comportamento; em que a pessoa já se envolveu, ou está envolvida em algum relacionamento homossexual, e deseja abandonar esta prática.

E o motivo para a implantação desse ministério é sem duvida devido ao “espaço” privilegiado que a igreja ocupa em nossa sociedade, podendo prestar apoio espiritual com respaldo na liberdade de crença garantida por nossa Constituição. Liberdade inclusive que está sendo cada vez mais limitada a profissionais da psicologia que queiram promover a orientação heterossexual a indivíduos em crise com sua identidade sexual.

É necessário reafirmar que o Ministério Identidade da Igreja Nova Aliança de Londrina é destinado a pessoas em estado de sofrimento, condição em que se encontram indivíduos que, embora sentindo atração pelo mesmo sexo, estão convencidos ou desejam entender melhor sobre o padrão bíblico para relacionamentos, e que por isso desejam receber ajuda para abandonar a prática e conhecer as causas que os levaram a essa orientação sexual (Lv 20:13; Rm 1:26-27).

Portanto, trata-se de um ministério de apoio, ou seja, que recebe tais pessoas já decididas a deixarem a orientação homossexual. Tomamos o cuidado de nos restringir de qualquer conduta que desrespeite a liberdade e a individualidade de outros, condições inclusive previstas em nossa lei.

Outro aspecto importante para a existência desse ministério é a necessidade de agirmos contra o radicalismo, tanto em igrejas contemporâneas como no mundo secular. Em um, vemos toda a problemática da homossexualidade atribuída exclusivamente a espíritos malignos, isentando o ser humano da responsabilidade por suas escolhas. Em outro, existe a intolerância à homossexualidade a tal ponto de haver a pena de morte para quem a pratica.

Atualmente existe também outro extremo: o total apoio à orientação homossexual com base na ausência de provas para a sua causa genética. Em detrimento disto, ativistas e simpatizantes ganham apoio em discursos que afirmam que a falta de provas significa que nada precisa ser provado, sendo a atração pelo mesmo sexo algo natural, inerente ao ser humano desde o seu nascimento, sendo mais uma possibilidade de amar além da tradicional heterossexualidade. Com isso, lhes é natural também dar vazão a esses impulsos tanto quanto se dá a relacionamentos entre homens e mulheres.

A própria ausência de provas científicas para a causa da homossexualidade é devida a um movimento ativista gay que, temendo descobertas que curassem tal predisposição sexual, conseguiu fazer com que o termo homossexualismo saísse da lista de patologias da OMS (Organização Mundial da Saúde). Com isso, cessaram pesquisas e análises sob o aspecto patológico da homossexualidade; o que de fato não é reconhecido como o melhor direcionamento para esse estudo. Contudo, por meio da ciência do comportamento, hoje em dia já se conhece muito a respeito dessas causas, rendendo nesta área materiais satisfatórios para apoiarmos nossas opiniões e nos sentirmos seguros em nossas convicções.

Além do movimento citado acima, existe também outros atuais que lutam contra a homofobia; causa que também lutamos contra, salvo quando ativistas e simpatizantes distorcem  esse conceito em detrimento da liberdade de crença dos cristãos, cerceando até mesmo o direito daqueles que desejam deixar a homossexualidade. Muitos de nós, cristãos, podemos ser julgados preconceituosos – e por isso homofóbicos – ao nos posicionarmos contra relacionamentos homossexuais, quando na verdade estamos apenas reprovando a prática, porém amando e recebendo quem a pratica. Essa impressão homofóbica nasce da própria autorrejeição dos ofendidos, uma vez que eles mesmos não conseguem aceitar o amor perdoador de um Deus, Aquele que não atribui tamanho a nenhum tipo de pecado e que está de braços abertos para recebê-los. (‘Apaguei as tuas transgressões como a névoa, e os teus pecados como a nuvem; torna-te para mim, porque eu te remi.” Is. 44:22)

O Ministério Identidade então propõe o equilíbrio na concepção das ideias acerca da homossexualidade, no respeito e no direito das pessoas optarem a não mais praticar a homossexualidade, trazendo direcionamento cristão sem radicalismo religioso, mas com base na Bíblia, sendo o próprio ministério um instrumento que anima a fé daqueles que buscam conhecer o Deus amoroso, que as recebe da maneira como estão, tirando-lhes a culpa e dando-lhes alegria, novos objetivos e perspectivas de conquistas e crescimentos em todas as áreas naturais e espirituais.

Além desse esteio, o Ministério Identidade da Igreja Nova Aliança de Londrina trabalha observando aspectos comportamentais, que considera que o histórico familiar, as dinâmicas do lar e da criação, entre outros aspectos, também são fatores essenciais na formação da orientação sexual. Uma vez que em Provérbios 22:6 vemos Deus responsabilizando os pais quanto ao caminho que devem ensinar seus filhos a andarem, fica clara a ideia de que esses fatores naturais influenciam muito na identidade sexual de um indivíduo.

Aos que enfrentam a luta contra a homossexualidade, o Senhor ministra sobre o evangelho da graça e a esperança do restabelecimento das emoções, dos sentimentos, aliviando suas cargas, dando também o refrigério do perdão e da libertação da culpa.  Talvez o mais importante é situarmos tal pecado na mesma escala dos outros, mostrando que suas lutas são tentações tanto quanto as que sofremos todos nós (1 Cor. 10:13; Tg 1:12), e que portanto podem ser vencidas no poder de Jesus Cristo!

Existem muitas pessoas que, mesmo vivendo em conflito com sua sexualidade, buscam conhecer a Palavra de Deus e expressam profundo desejo de transformação, contudo, nem sempre são bem recebidas pela sociedade ou pela religiosidade de alguns crístãos, sendo alvo de preconceito e incompreensão. Isto aumenta o sentimento de rejeição nessas pessoas, fazendo com que elas leiam a Bíblia sob uma ótica distorcida, em que acreditam que qualquer manifestação de afetividade, seja ela hetero ou homossexual, é legalmente prevista nos padrões de Deus. Daí vêm surgindo diversas igrejas evangélicas homossexuais, pregando um equivocado “verdadeiro” amor ou, ainda, o amor da Inclusão. Portanto, como igreja do Corpo de Cristo devemos combater tal preconceito que possa estar em nós mesmos e oferecer a todos um ambiente acolhedor e livre de legalismos.

Ministraremos tanto a compreensão para seus sofrimentos quanto a verdade sobre os princípios bíblicos, e ainda assim não vamos ser suplantados por concepções distorcidas acerca do verdadeiro amor para relacionamentos.

Sabemos que a sede por aceitação e compreensão abre as pessoas para receberem qualquer tipo de apoio, e, se formos os primeiros a oferecer tal ajuda, ganharemos com confiança esses corações que também são alvo do sacrifício de Jesus na cruz.

Essa é a missão do povo de Deus, e por isso esse texto foi direcionado a nós, que devemos dar o passo inicial para mudar a história de tantos amados. Se dirigirmos nossos olhares de aceitação e compreensão, teremos em seus corações um terreno fértil para lançar a VERDADE sobre a perfeita orientação sexual que Deus tanto deseja que desfrutemos!

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32)

Perigo nas distorções!

Muitas vezes não distinguimos a tendência a sentimentos homossexuais da sua prática. Esses sentimentos geralmente diz respeito a pessoas que sofreram alguma influência em sua infância, que as direcionaram para a atração homossexual. Embora isso seja um fator que predispõe a pessoa à prática da homossexualidade, a condição apenas de atração pelo mesmo sexo não as caracteriza como pecadoras, mas sim como alguém lutando contra tentações, tendências, assim como todos nós lutamos contra tantos desejos da nossa carne.

À luz desta verdade, também queremos ministrar às pessoas que a motivação maior num processo de restauração é a intimidade com Deus, priorizando sempre a dependência Nele, inclusive para obter a cura a fim de desenvolver a atração heterossexual.

Será sempre necessário vigiar nossa motivação com Cristo, pois nada, nem mesmo o desejo de se tornar atraído heterossexualmente, pode ser maior do que o desenvolvimento pessoal com Deus.

Sabemos que a aflição do estado de sofrimento pode confundir as prioridades de uma vida cristã, cegando o propósito maior que é amar o Senhor sobre todas as coisas, mais até que as nossas próprias necessidades.

O objetivo final do Ministério

Pode ser feita a interpretação de que o alvo do Ministério Identidade é “curar” as pessoas da homossexualidade.

Certamente que tal cura é ministrada com fé e esperança. Contudo, esse ministério se propõe a “abrir os olhos” a fim de descobrir as causas da sua condição, como situações que precisam ser resolvidas, traumas que precisam ser curados por Deus e posicionamentos que também precisam ser feitos, sem os quais todo o propósito dos sonhos de Deus impedirá uma vida plena.

O objetivo é levar pessoas a perceberem que a completa felicidade do ser humano está em um relacionamento dependente do seu Criador. Jamais a realização no encontro de um “par perfeito” pode trazer a genuína felicidade. Apenas em Jesus somos saciados completamente!

Logística do Ministério

A funcionalidade operacional do Ministério Identidade da Igreja Nova Aliança de Londrina se atentará às necessidades das pessoas que nos procurarem.

A princípio trataremos com aconselhamentos individuais e com uma reunião mensal, em que todos os envolvidos se encontram em uma dinâmica de grupo para ler, estudar, com o apoio de material específico, e compartilhar.

Líderes que tiverem em suas células pessoas interessadas em receber ajuda nessa área, deverão encaminhar o caso para os Pastores Corcini e Cidinha.

Aos interessados que desejarem nos contactar diretamente, além de poder se dirigir aos pastores, também terão em breve um canal de comunicação. A esses, nos resguardamos apenas ao cuidado de fazer seus casos conhecidos dos pastores, obtendo uma segurança maior tanto para os interessados quanto para a equipe do ministério, que necessita de uma cobertura espiritual abençoada!

Cremos que esse Ministério nasceu no coração de Deus! Àqueles que até então lutam solitários, não é mais necessário continuar caminhando sozinhos.

“E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” (Gên. 1:27)

“Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.”

(Marcos 10:6)

Dilson e Ana são Supervisores de Jovens

Deus tem dado a eles uma graça especial para ministrar nesta área.

Anúncios

10 respostas para Ministério Identidade

  1. Glaucilene Lopes disse:

    Ana, mulher graciosa e Dilson, guerreiro de Deus.
    Lindo projeto!!!!Vcs são supers !
    Todos precisamos ter definida nossa identidade e sermos respeitados como seres humanos.
    A cura vem pelo amor: amor de Deus, pela palavra de Deus e pelo próximo.
    O Amor em vcs transborda!!!

    Deus abençoe

    Bjs

    Glau

    • Dilson David Pereira disse:

      É isso mesmo, Glau. O amor, e somente ele, pois a raiz está em sentimentos de rejeição, falta de aceitação… é sempre o amor ou a falta dele que interfere em nossa vida!

      Obrigada pelo carinho.
      Ana.

  2. Rafael e Cláudia Favil disse:

    Temos tido a oportunidade abençoada de conviver com o Dilson e a Ana. Um casal que teme ao Senhor com todo seu coração. Busca agradá-lo, fazendo à Sua vontade. Um casal que investe em vidas e não desiste até ouvir um “não”. Cremos que a mesma EXCELÊNCIA e o CUIDADO com que vocês tem atuado como Supervisores serão marcas presentes nesse projeto. Vidas serão tocadas pelo Profundo Amor de Deus por meio de suas vidas. Amamos muito vocês e cremos pelo poder transformador de Cristo agindo sem fronteiras. Sem fronteiras!

  3. Dilson e Anan, parabéns pelo trabalho de vocês. Quando Deus chama Ele também capacita, tira todas a duvidas e preenche com a certeza de que Ele está no controle.
    Abraços.
    Guilherme Spolador

  4. Prof.º Edival Bueno disse:

    Olá queridos supers eternos…

    Grandes coisas o Senhor tem feito na vida de vcs… temos acompanhado há muito tempo, não é verdade?
    Que Deus possa usá-los tremendamente a frente deste ministério. Que vcs sejam a cada dia capacitados e abençoados pelo Senhor. Profetizo sabedoria e entendimento na vida de vcs.
    Um beijo no coração.

  5. Pedro Gomes disse:

    A paz do Senhor. Gostaria de entrar em contato com o Dilson e a Ana, do Min. Identidade.
    Em Cristo, um abraço.

    • Dilson e Ana disse:

      Olá, Pedro. É só enviar um e-mail pra nós (identidade@inabrasil.com). Deus te abençoe!
      Dilson e Ana.

  6. Ana Lúcia disse:

    Foi um ano de muitas alegrias e vitória! Obrigado Deus por nos dar esse ministério!

  7. DILSON disse:

    Esse ministério é totalmente voltado ao amor de Deus!

    • Ana Lúcia disse:

      “Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós”.
      1 João 4:10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s