Livro de Ester – Introdução.

Mais uma vez iremos dedicar nosso mês de outubro à oração e como base dos nossos estudos nas células teremos o livro de Ester. Por isso, nos primeiros 10 dias de outubro, faremos a nossa devocional do blog com os capítulos de Ester, e cada dia será um coordenador diferente que fará o post.

Não percam as devocionais do livro de Ester! Deus tem muito para falar!

TIRANDO PROVEITO PARA NOSSOS DIAS

 Embora nenhum outro escritor da Bíblia faça qualquer citação direta de Ester, o livro se harmoniza plenamente com o restante das Escrituras inspiradas. De fato, fornece ilustrações esplêndidas de princípios bíblicos declarados mais tarde nas Escrituras Gregas Cristãs e que se aplicam a adoradores de Deus de todas as épocas. Um estudo das seguintes passagens, não só comprovará isso, mas será edificante para a fé cristã: Ester 4:5—Filipenses 2:4; Ester 9:22—Gálatas 2:10. A acusação feita contra os judeus, de que não obedeciam às leis do rei, é similar à acusação levantada contra os primitivos cristãos. (Et. 3:8, 9; At 16:21; 25:7) Os verdadeiros servos de Deus enfrentam tais acusações com destemor e confiança, com orações, no poder divino de os livrar.

 Como cristãos não devemos achar que nossa situação difere da de Mordecai e Ester. Também vivemos sob “autoridades superiores” num mundo do qual não fazemos parte. Desejamos ser cidadãos acatadores da lei em qualquer país em que vivamos, mas, ao mesmo tempo, desejamos traçar corretamente a linha demarcatória entre ‘pagar de volta a César as coisas de César e a Deus as coisas de Deus’. (Rm. 13:1; Lc. 20:25) O primeiro-ministro Mordecai e a Rainha Ester deram bom exemplo de devoção e obediência na execução de seus deveres seculares. (Et. 2:21-23; 6:2, 3, 10; 8:1, 2; 10:2) Todavia, Mordecai traçou destemidamente a linha demarcatória quanto a obedecer à ordem real de curvar-se diante do desprezível agagita, Hamã. Ademais, cuidou de que se fizesse um apelo para a obtenção duma solução legal quando Hamã conspirou destruir os judeus. — ( 3:1-4; 5:9; 4:6-8).

 Toda a evidência indica que o livro de Ester faz parte da Bíblia Sagrada, “inspirada por Deus e proveitosa”. Mesmo sem mencionar diretamente Deus ou seu nome, fornece-nos excelentes exemplos de fé. Mordecai e Ester não foram meros frutos da imaginação de algum novelista, mas foram servos reais de Deus, pessoas que depositaram confiança implícita no poder salvador de Deus. Embora vivessem sob “autoridades superiores” num país estrangeiro, empregaram todos os meios legais para defender os interesses do povo de Deus e sua adoração. Nós podemos seguir hoje o exemplo deles em “defender e estabelecer legalmente as boas novas” do libertador Reino de Deus. — Fil. 1:7.

Fonte:http://www.fortalezaredes.com.br/documents/biblia/Antigo/Intreste.htm

About these ads

Sobre Laís Canonico

Laís Canonico, 25 anos. Sou especialista em Língua Portuguesa e amo escrever. Blogueira de estação, apaixonada pela vida. Uma pessoa nada fácil, porém, muito fiel aos amigos e ao que amo. Filha de um jornalista e uma assistente social, aprendi desde cedo o valor da palavra. Foi lá atrás que me apaixonei por ela, e desde então, nunca mais a larguei. Convivo com frustrações e sonhos de forma meio violenta, me envolvo, sofro, mas acredito que seja melhor isso do que morrer sem ter lutado por nada.
Esse post foi publicado em Devocional e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Livro de Ester – Introdução.

  1. charlize disse:

    Tremendo!!
    Estou com uma expectativa nova com o devocional sobre o Livro de Ester, já iniciei a leitura há alguns dias e tenho sido mto ministrada e abençoada com esta tremenda história de uma mulher humilde, sábia, obediente, ousada, decidida, fiel, de plebéia foi elevada a rainha devido a um propósito e obediência a seu chamado. Um exemplo pra todas nós servas do Senhor.
    Deus nos abençoe nesse tempo.

  2. Jonas Munaretto disse:

    Realmente o livro de Ester se encaixa no mês de outubro orando, pois vemos que como filhos de Deus temos um chamado, e não podemos retroceder, pois através de nós o Senhor irá realizar a sua obra, mostra um povo angustiado pelo decreto que iria exterminava o povo judeu, em Naum 1:7 diz:
    ” O SENHOR é bom, uma fortaleza no dia da angustia, e conhece os que confiam nele”
    Ester e Mordecai buscaram esta fortaleza, e o Senhor confiou a eles a missão de se colocar a favor do povo judeu, eles não foram egoístas, pois se precisam morrer teria morrido em favor dos menos favorecidos, hoje vivemos para Cristo e precisamos refletir a mesma fé, a mesma ousadia, o mesmo posicionamento e atitudes demosntradas por Ester e Mordecai, sejamos dígnos de merecer tanto amor, façamos a obra que o Senhor tem nos chamado.

  3. joel farinacio disse:

    Creio que sera um mês em que Deus ira falar muito conosco, um tempo de preparamento e atitudes decisivas. Ester e Mardoqueu são exemplos de remanescentes em Deus nessa terra, e creio que suas vidas são como base para um futuro casal cristão que vire e mexe surge na igreja, eles devem se basear e focar nos interesses de Deus e pegar as atitudes deles e pratica-las!

  4. Creio que esse mês será um mês de muitas bençãos e o livro de Ester é simplesmente demais o posicionamento de Ester de se posicionar ao jejum com as pessoas para entrar na presença do rei. Nós como ela devemos nos posicionar em jejum e oração seja para o Brasil e para o mundo para o nosso povo para que possam conhecer o verdadeiro amor e viverem como homens e mulheres de DEUS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s